08/05/2015

Dia das mães: Teresa de Figueiredo Faria

Após apresentar a biografia de Marie Philomène Stevens e de seu marido, Barão do Rio Branco, falaremos sobre uma pessoa pouco relembrada na diplomacia brasileira, mas que a ela devemos a vida do nosso Juca: Teresa de Figueiredo Faria, mãe do Barão. Busquei em inúmeras fontes a biografia de Teresa, mas só encontrei citações dela como sendo a genitora do nosso patrono. De qualquer forma, gostaria de deixar aqui essa singela homenagem e transcrever um trecho de um artigo que fala brevemente sobre seus nove filhos. 
Barão do Rio Branco


"No ano de 1842, [José Maria da Silva Paranhos, o visconde do Rio Branco] casou-se com a D. Teresa de Figueiredo Faria, irmã de um amigo seu da Marinha, nascida no Rio de Janeiro e filha de um negociante português. Com D. Teresa teve nove filhos: José Maria da Silva Paranhos, posteriormente o Barão do Rio Branco; Maria Luísa, que fugiu de casa para se casar com José Bernardino da Silva, de origem humilde; Amélia, que se casou, em 1875, com Pedro Afonso Ferreira, bacharel em direito; Maria Honorina; Pedrinho, que era paralítico; Augusta Amélia, casada com Luís Cavalcanti, ambos morrem de tuberculose; João Horácio, que entrou para o exército em 1880; Luisa que também morreu de tuberculose; e Alfredo, boêmio, foi morar com a mãe em Paris em 1894, morreu de congestão pulmonar." Texto completo AQUI.

Feliz dia das mães!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo seu comentário!